A Maternidade e a fotógrafa da Felicidade.

Exposição Amamentar na Estação Pinheiros da CPTM.

A foto que abre nosso texto está na Estação Pinheiros da CPTM junto a outras que compõem a Exposição AMAMENTAR, esta é uma suave crítica ao constrangimento que várias mães já passaram e continuam passando por amamentarem em público, exercendo assim a sua maternidade.

Entre mães e filhos

Quem clicou foi a querida fotógrafa Cris Augusta, nossa personagem da semana possui uma história linda e que também remete ao vínculo entre mães e filhos.

Administradora, Cris largou um ótimo trabalho em uma empresa multinacional para ter mais tempo para sua filha Laura. E, assim, começou a intercalar a maternidade com fotografar momentos que a deixavam feliz. De casamentos inusitados, partos domiciliares até chegar a fotos de amamentação.

Olhando seu site e revisitando sua história, conseguimos entender o que é preparo e coragem. Já que não é fácil ser fotógrafa num tempo em que qualquer pessoa com um smartphone na mão e uma ideia na cabeça se julga um fotógrafo.

E é ainda mais complicado largar um trabalho bem remunerado e fixo quando há uma crise tão profunda e com tantos desempregados. Mas coragem é o que não falta para nossa fotógrafa de fala mansa.

 

Por um mundo mais…

Assim ela vai construindo o seu legado e educando sua cria. Antes de terminarmos seu perfil, perguntei a Cris como se auto-denominava. Então ela me enviou uma mensagem de uma cliente que a agradecia por tudo e dizia: “você é a fotógrafa da felicidade”.

Termino meu texto pedindo ao universo por um mundo mais cheio de pessoas que apostam em coisas simples, no amor de mãe, no trabalho que traz prazer e distribui felicidade pelo mundo. Que tenhamos mais Cris Augustas por aí!

 

A Exposição AMAMENTAR:

De 25/10 a 9/11 – Estação Pinheiros CPTM –  Gratuita

10/11 – FECAP, evento com pediatra espanhol Carlos Gonzales, que irá falar dentre outras coisas sobre amamentação, problemas da maternidade e cuidados para uma infância saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso ajudar?